Aceite que você também erra


Você já deve ter lido ou ouvido em algum lugar a frase ou algo parecido com: "Algumas pessoas estão tão costumadas a apontar o dedo para o erro do próximo que não percebem seus próprios erros". Mas nem sempre é assim, nem todas não percebem seus erros, mas a verdade é que elas não o aceitam. Por que elas não aceitam? Por que é tão difícil dizer que falhou? Vamos lá...

Medo



Alguns indivíduos simplesmente sentem medo de aceitarem e assumirem seu erro. O que causa esse medo muitas vezes é a forma que a pessoa se desenha para outras. Não vivemos num mundo encantando onde existe um príncipe que enfrenta o dragão para defender a princesa, mas na cabeça de alguns parece ser assim. Elas criam em sua mente uma falsa perfeição, se desenham como "santos", como se fossem pessoas perfeitas aos olhos dos outros. Porém, fica tão superficial que não conquista a confiança.

Essas pessoas são as mesmas que: "Eu sou humano, também erro, mas o fulano fez tal coisa". Apontam, julgam e descriminam, muitas vezes de uma forma "doce e angelical", mas suas palavras são ardilosas, venenosas e traiçoeiras. São pessoas manipuladoras que te influenciam a falar mal dos outros se você não estiver bem resolvido emocionalmente. E elas só fazem isso pelo medo de que os outros descubram seus erros e suas falhas, assim fazendo com que sua imagem de "perfeito" caia. Porém, talvez elas nem imaginem, mas essa imagem só está em sua mente.

Orgulho


O orgulho é um dos maiores venenos pra alma, além de o impedir de se redimir e dizer que errou. Para o orgulhoso, assumir seu erro fere o ego, o faz se sentir um perdedor e não um experiente. Pessoas com esse problema não pedem perdão, não perdoam (ao menos não verdadeiramente, pois na primeira discussão vai trazer problemas de 10 anos atrás pra tacar na cara do outro) e o pior, não se perdoa. Tem o ego ferido, quer se mostrar como certo, pois já apontou tanto o dedo para a ferida do outro que tem vergonha de mostrar que não é um exemplo em tudo.

Inveja


Acredito que seja o pior dos sentimentos, o que culmina todos os males. Quando se tem inveja da felicidade alheia, da vida do outro, só cabe o invejoso fazer uma de suas coisas preferidas: julgar. Pessoas invejosas são pessoas frustradas com a vida, pessoas mal resolvidas e que não sabem lidar com o mais simples e bonito que a vida tem pra lhe oferecer. Como não podem ter o que é de outrem, desdenha e "detona". A pessoa invejosa sempre será a "certinha" (falsamente), jamais vai assumir o erro porque quer mostrar que sua vida é melhor do que a do outro (e em todas vezes não é). É uma mistura de orgulho, ego inflado, medo, rancor, mágoa, falsidade. São arrogantes demais pra assumir seus erros e falhas.

Por que assumir os erros é melhor?

Quando assumimos que erramos estamos trabalhando nossa humildade e crescendo, sem perceber. Quem consegue assumir seu erro vive na realidade, com a certeza de que não quer mais falhar naquilo. Toma a experiência de lição, ensina a outros e consegue lidar com futuras decisões com maior facilidade. Além disso, assumir falhas é amadurecimento emocional, é deixar o ego de lado, aprendemos a lidar com os outros, aprendemos a perdoar. Mas para que isso tudo aconteça, você precisa se perdoar, e isso será tema da próxima postagem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porque falar bem um dos outros

Fé: Os Sonhos de Deus são Maiores